Pe Fabrício fala da importância do Mês do Sagrado Coração de Jesus



SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS, FONTE DE VIDA!

“Chegando a Jesus e vendo-o já morto, não lhe quebraram as pernas, mas um dos soldados transpassou-lhe o lado com a lança e imediatamente saiu sangue e água.”    (Jo 19, 33-34)

No mês de junho a Igreja dá destaque e coloca como proposta de oração a todos os fiéis a meditação sobre o Sagrado Coração de Jesus. O coração representa o lugar do afeto, da compaixão e do sentimento e, por isso, é o melhor símbolo que exprime o amor de Cristo por Deus Pai e pelos homens. A finalidade desta prática é que cada vez mais imitemos o amor generoso de Cristo. É preciso sempre retornar a fonte de amor, com que Nosso Senhor nos amou. Hoje, muitas vezes deixamos nos guiar por uma onda de egoísmo, frieza espiritual e por uma cultura do descartável, onde o próximo não tem muito valor. Portanto, olhar para o Coração aberto de Cristo que amou a todos com um amor infinitamente generoso, nos ajuda a melhor viver a nossa fé, amando cada vez mais a Deus e também nossos irmãos.


A devoção ao Coração de Jesus existe desde o início da Igreja, quando os primeiros cristãos meditavam com fé o lado e o coração aberto de Jesus. Mas a devoção começou a crescer a partir do empenho de Santa Margarida Alacoque que em 16 de junho de 1675, teve uma experiência com o Filho de Deus que lhe mostrou seu Coração rodeado por chamas de amor, coroado por espinhos, com uma ferida aberta da qual brotava sangue e, do interior do mesmo, saia uma cruz. Santa Margarida escutou o Senhor dizer: “Eis o Coração que tanto amou os homens, que não poupou nada até esgotar-Se e consumir- Se, para manifestar-lhes seu amor. E como reconhecimento, não recebo da maior parte deles senão ingratidões, desprezos, irreverências, sacrilégios, friezas que têm para comigo neste Sacramento de amor”. O objetivo da devoção ao Coração de Jesus é de nos fazer mais próximos do verdadeiro Amor de nossas vidas e ajudar aos outros a encontrarem esse caminho de salvação.


Todos nós somos convidados a viver a espiritualidade do Coração de Jesus, entretanto, em nossa Igreja existe um movimento eclesial que de modo particular busca viver através de práticas e compromissos essa devoção. O Apostolado da Oração ou Rede Mundial de Oração do Papa, nasceu em uma casa de estudos da Companhia de Jesus na França. As idéias de orações e sacrifícios apresentadas pelo padre Francisco Xavier Guatrelet tornaram-se conhecidas em todo o mundo. O Apostolado da Oração segue um cronograma de vida espiritual, e colabora ativamente na espiritualidade da Paróquia, promovendo: reuniões mensais, Horas Santas (incentivando principalmente às visitas ao Santíssimo Sacramento); participação ativa na Missa; Consagração das Famílias ao Sagrado Coração de Jesus, anualmente; entronização da Imagem ou quadro do Sagrado Coração de Jesus nos lares; novenas; terços em família; vias-sacras e todas as iniciativas que ajudam a comunidade a rezar. Os membros do Apostolado da Oração são chamados a promover os valores cristãos em todos os lugares, rezarem pelas vocações e testemunharem o Amor de Jesus. Sem duvida nenhuma, é uma linda missão no coração da Igreja.

O Coração de Jesus é fonte de vida e conversão, pois não podemos ser os mesmos diante de tão maravilhoso Amor. Tudo o que seu Amor toca se transforma, se faz novo... Neste mês e todos os dias de nossa vida peçamos a Jesus, que nos ajude a sermos melhores, com um coração semelhante ao Dele, capaz de amar o outro com um amor que gera vida, paz e bênçãos. Eis a nossa missão meus irmãos, sermos aqui nesta terra: sal e luz do mundo. E o Amor do Coração de Jesus é o “tempero” que dá sentido pleno a nossa existência.

Espalhados pelo mundo, todos os homens e mulheres de boa vontade tem como primeira e principal missão revelar o Amor do Coração de Jesus, fonte de vida nova a toda criatura.



Jesus manso e humilde de Coração. Fazei o nosso coração semelhante ao vosso!




Padre Fabricio Souza
Diretor Espiritual Diocesano do Apostolado da Oração













Nenhum comentário:

Postar um comentário