A Luz da Fé!





Você já parou para pensar em quem você crê e por que crê?

Ter Fé em Deus é ter Fé em alguém (uma pessoa), e não em alguma coisa. E essa pessoa é Jesus Cristo. Às vezes, na vida diária muitas pessoas confundem Fé em Jesus Cristo com magia e superstição. A Fé não é uma luz ilusória. Deus não atua como se fosse um mago; Ele não resolve magicamente nossos problemas. A Fé em Deus não é garantia de que nada de ruim vai acontecer comigo ou com minha família. A Fé leva-nos a discernir onde está a presença e a vontade de Deus na realidade da nossa vida. A Fé é dinâmica, encarnada na história. A Fé Cristã é vivida em comunidade, em Igreja. É o grande dom trazido por Jesus. Ele mesmo afirma: “Eu vim ao mundo como luz, para que todo o que crê em Mim não fique nas trevas”( Jo 12, 46). Quando falta a luz, tudo se torna confuso, é impossível distinguir o bem do mal, diferenciar a estrada que conduz à meta daquela que nos faz girar repetidamente em círculo, sem direção.

Em sua Carta Encíclica LUMEM FIDEI, o Papa Francisco diz: “urge recuperar o carácter de luz que é próprio da fé, pois, quando a sua chama se apaga, todas as outras luzes acabam também por perder o seu vigor. De fato, a luz da fé possui um carácter singular, sendo capaz de iluminar toda a existência do homem. Ora, para que uma luz seja tão poderosa, não pode dimanar de nós mesmos; tem de vir de uma fonte mais originária, deve porvir em última análise de Deus. A fé nasce no encontro com o Deus vivo, que nos chama e revela o seu amor: um amor que nos precede e sobre o qual podemos apoiar-nos para construir solidamente a vida. Transformados por este amor, recebemos olhos novos e experimentamos que há nele uma grande promessa de plenitude e se nos abre a visão do futuro. A fé, que recebemos de Deus como dom sobrenatural, aparece-nos como luz para a estrada orientando os nossos passos no tempo. Por um lado, provém do passado: é a luz duma memória basilar — a da vida de Jesus –, onde o seu amor se manifestou plenamente fiável, capaz de vencer a morte. Mas, por outro lado e ao mesmo tempo, dado que Cristo ressuscitou e nos atrai de além da morte, a fé é luz que vem do futuro, que descerra diante de nós horizontes grandes e nos leva a ultrapassar o nosso « eu » isolado abrindo-o à amplitude da comunhão. Deste modo, compreendemos que a fé não mora na escuridão, mas é uma luz para as nossas trevas”.

A Fé é força consoladora no sofrimento. O cristão sabe que o sofrimento não pode ser eliminado, mas pode adquirir um sentido; pode tornar-se ato de amor, entrega nas mãos de Deus que não nos abandona e, desse modo, ser uma etapa de crescimento na fé e no amor. A luz da fé não nos faz esquecer os sofrimentos do mundo. Os que sofrem foram mediadores de luz para tantos homens e mulheres de fé; como foi o leproso para São Francisco de Assis, ou os pobres para Santa Dulce. A fé não é luz que dissipa todas as trevas, mas lâmpada que guia os passos na noite, e isso basta para o caminho. Maria, a Mãe do Senhor é ícone perfeito da fé, como disse Santa Isabel: “Feliz de ti que acreditaste”(Lc 1,45).

Em cada novo dia que Deus nos concede, renovemos o dom da Fé, confiando e permitindo que Deus aja em nossa vida, iluminando todo o nosso ser: pensamentos, sentimentos e atitudes.

Por:

 
Ir  Regina Maria da Silva DDP



Obs.: Se você gostou desse artigo, deixe seu comentário!












8 comentários:

  1. Um grande aprendizado sobre a Fé. Obrigada Irmã Regina. Muito lindo o texto.

    ResponderExcluir
  2. Q lindas palavras erma q Deus esteja sempre presente eh nossas Vida Amém🙏🙏🙏

    ResponderExcluir
  3. E verdade a fe tem um grande poder. porque o meio poder que podemos ter e a fé . A fé nos guia para o caminho da luz..lindo lindo

    ResponderExcluir
  4. Gostaria de perguntar. A fé pode às vezes ser questionada por nós mesmos ? Por que?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode sim! Porém, vale lembrar que a Fé é Dom de Deus e por isso faz parte de seus mistérios. Assim, nem sempre encontraremos as respostas que buscamos. Entretanto, quando falamos de questões relacionadas a Fé enquanto Doutrina, cabe-nos buscar as respostas em fontes seguras, caso contrário corremos o risco de nos enveredar por falsos caminhos que certas ideologias pregam por aí revestidas de teologia. Questionar a Fé não é pecado. O perigo de pecar está justamente aonde buscamos as respostas para nossos questionamentos.

      Excluir
  5. Maravilhoso texto. A fé nos faz irmãos , nos aproxima, aproxima de Deus. Eu lhe agradeço irmã por se fazer sempre presente em minha vida.A Sra é luz no meu caminho.

    ResponderExcluir
  6. Tudo começa pela Fé em Deus, sem ela se perdemos na nossa própria existência e ignorância. Ele é o Caminho, a Luz e a Vida Eterna! Amém...

    ResponderExcluir
  7. Lindo texto, aprendendo mais e mais sobre a fé❤️����

    ResponderExcluir