Responder ao chamado de Jesus



"Mateus é um grande exemplo de alguém que renunciou a própria vida e se lançou na vontade de Deus. Acompanhe o que a Palavra nos diz:

Partindo dali, Jesus viu um homem chamado Mateus, que estava sentado no posto do pagamento das taxas. Disse-lhe: Segue-me. O homem levantou-se e o seguiu.
Como Jesus estivesse à mesa na casa desse homem, numerosos publicanos e pecadores vieram e sentaram-se com ele e seus discípulos.
Vendo isto, os fariseus disseram aos discípulos: “Por que come vosso mestre com os publicanos e com os pecadores?”
Jesus, ouvindo isto, respondeu-lhes: “Não são os que estão bem que precisam de médico, mas sim os doentes.
Ide e aprendei o que significam estas palavras: Eu quero a misericórdia e não o sacrifício “. Eu não vim chamar os justos, mas os pecadores.”

Jesus chamou Mateus, que era chefe dos coletores de impostos em Cafarnaum, para segui-lo. Mateus ficou tão surpreso, que imediatamente deixou tudo o que possuía: dinheiro, trabalho, segurança, conforto para seguir o chamado de Jesus.

Nós também nos surpreendemos quando ouvimos Jesus dizer-nos “Segue-me”. Não nos consideremos merecedores, pois somos repletos de falhas, de pecados… Mas assim como Deus tinha um plano para Mateus, Ele o tem para nós também. E como Mateus, precisamos dar um passo decisivo em obediência ao chamado do Senhor. Ele deixou tudo. Se for preciso deixar tudo, nós também deixaremos.

Ao dizer “Segue-me”, Jesus está chamando rapazes e moças para uma vocação especial, que pode ser o sacerdócio, a vida religiosa, vida comunitária. Se você é chamado a viver assim, tenha coragem de deixar tudo; o Senhor deseja realizar uma mudança radical em sua vida.

Há pessoas que são vocacionadas, mas vivem afastadas do Senhor. Jesus não volta atrás no seu chamado, mesmo diante de nossos pecados e misérias, pois não somos chamados em razão dos nossos méritos. Ele também chamava os pecadores, aqueles que seguiam um caminho errado, como Mateus.


Em nossos dias, o Senhor continua a chamar. Por isso, dê o passo. Não espere mudar de vida para só depois seguir Jesus. Se ficarmos presos em nossas misérias, nunca seguiremos Jesus. Precisamos segui-lo do jeito que nos encontramos; não podemos esperar. A nossa parte é corresponder ao chamado; Ele cuidará do resto, da nossa mudança de vida."

(Trecho do livro- Vocação um desafio de amor- Pe. Jonas Abib)











Nenhum comentário:

Postar um comentário