Celebração de Abertura do Ano Santo da Misericórdia em nossa Diocese


Durante a Celebração deste 3º domingo do Advento, presidida pelo bispo Dom Vital Chitolina e concelebrada pelos padres Ronaldo Vicente, pároco de Diamantino e Sebastião Pedro, vigário paroquial e reitor do Seminário Menor, foi realizada a abertura da Porta Santa da Misericórdia em nossa Diocese.
O bispo abençoou e abriu a porta da Igreja Matriz Imaculada Conceição de Diamantino, primeira Igreja da Diocese e instituiu-a como local de peregrinação durante todo o Ano da Misericórdia, para que todos possam passar pela porta e receber a graça da misericórdia de Deus.
Além das diversas atividades que acontecerão durante o ano, a Igreja Matriz será aberta todas as quintas-feiras para Missa e Adoração ao Santíssimo Sacramento e nas sextas-feiras para a confissão dos fiéis.

O que um católico deve fazer para receber indulgências?
Segue o que o Papa Francisco diz:
“Para viver e obter a indulgência, os fiéis são chamados a realizar uma breve peregrinação rumo à Porta da Santa, aberta em cada catedral ou nas igrejas estabelecidas pelo bispo diocesano, e nas quatro Basílicas Papais, em Roma, como sinal do profundo desejo de verdadeira conversão. Estabeleço igualmente que se possa obter a indulgência nos santuários onde se abrir a Porta da Misericórdia e nas igrejas que, tradicionalmente, são identificadas como jubilares. É importante que esse momento esteja unido, em primeiro lugar, ao sacramento da reconciliação e à celebração da Santa Eucaristia, com uma reflexão sobre a misericórdia. Será necessário acompanhar essas celebrações com a profissão de fé e com a oração por mim e pelas intenções que trago no coração para o bem da Igreja e do mundo inteiro”.






Nenhum comentário:

Postar um comentário